MAIS QUATRO CANTEIROS
da
FREGUESIA FLORIDA


É o que esta semana nos mostra Vítor Assunção nas páginas do COMÉRCIO do Seixal e de Sesimbra, (Edição nº 43).






FF aos 19.10.2008

6 comentários:

manuel antónio disse...

Pelos vistos a Flora só existe à porta do senhor presidente da junta.
A desculpa reside nas lentes que estão fora de prazo.
Vai um conselho; existe um oculista na freguesia e pedinche ao senhor umas lentes novas, caso contrário a probabilidade de tropeçar nos detritos é elevada.

milu disse...

Porque não falar com o Grupo de Escoteiros para proceder a uma limpeza, desafiando a população para participar.
Deste modo a iniciativa até seria bastante pedagógica.

artur disse...

No meu entendimento este tipo de actos tem a ver com o grau de instrução da nossa sociedade. Isto leva décadas a ser assimilado, mas não seria despropositado inscrever uma verba no orçamento para 2009 que permita publicitar e promover o ambiente na nossa freguesia.

Ana disse...

Qualquer ida ao oftamologista só serviria para ampliar visualmente a quantidade de lixo existente por todo o lado.
Gosto da sugestão da Milu, o apontar de soluções é sempre de louvar, até porque quando se está no poder há muito tempo as ideias começam a escassear.
Não é a primeira vez que aqui se deixam soluções para algns problemas, esperamos por alguém que as "apanhe" e comece a trabalha-las.
As ideias devem ser analisadas em termos de valor acrescentado à população de Fernão Ferro, ao aumento da sua qualidade de vida e não como ataques pessoais a ninguem, embora só podendo falar por mim, não é isso que me move.
A participação, o exercicio da cidadania deve ser um dever e um direito de todos, inclusivamente para além das máquinas partidárias e dos eleitos, todos nós temos o direito e o dever de nos organizarmos enquanto cidadãos e contribuir para melhorar a "nossa Terra".
Cumprimentos

cma disse...

Ana, gostei da sua posição sobre o tema e acrescento que não seria mal visto uma iniciativa com os membros da igreja (fieis) a catequese e o dia da limpeza da freguesia por exemplo.
Isto à imagem do que é habito fazer, a título de exemplo com o cicloturismo. Não me interpretem mal, eu não sou defensor de acabar com uma iniciativa ou substitui-la por outra, mas aqui seria criar uma nova valência e esta muito mais importante no meu entendimento do que outras que por ai se realizam.
Este seria e serviria como um motor de arranque para a sensibilização dos fregueses, munícipes e quem sabe de todos os cidadãos.

Firmino disse...

Tive a oportunidade de ler e ver as fotos no Jornal fisico e como estão mais ampliadas até mete impressão.
Se fossemos um pouco mais civicos não se verificaria esti tipo de lixeiras que abundam por todo o lado.
Será que cada um de nó tem de desempenhar a função de policia? ou haverá alguma possibilidade de educar a população?